As Vantagens em Transferir o Crédito Habitação

Transferir o Crédito Habitação tem-se revelado a forma mais simples e eficaz para conseguir uma poupança de milhares de euros por ano e aliviar as preocupações relacionadas com as atualizações das prestações.
transferir

A transferência do Crédito Habitação tem sido uma das estratégias mais utilizadas pelas famílias portuguesas para renegociarem os seus créditos. Transferir o Crédito Habitação, consiste na mudança do empréstimo de um banco para outro que ofereça melhores condições.  Esta tem-se revelado a forma mais simples e eficaz para conseguir uma poupança de milhares de euros por ano e aliviar as preocupações relacionadas com as atualizações das prestações.

Com a atual competição entre as instituições financeiras, muitas vezes, os bancos estão dispostos a oferecer condições mais favoráveis para captar novos clientes. E, muitas vezes, o banco de origem não consegue igualar as condições apresentadas pela concorrência.

Apesar do processo de Transferência ser menos complexo do que o processo de contratação de Crédito Habitação, é igualmente importante compreender as características essenciais deste tipo de operação, as suas vantagens e os custos associados (podemos adiantar-lhe que são poucos ou nenhuns).

Vantagens em Transferir o Crédito Habitação

1. Taxas de Juro mais Baixas

Existem várias vantagens em transferir o Crédito Habitação para outro banco. Na grande maioria dos casos, os clientes optam por transferir o seu crédito para reduzir as taxas de juro associadas ao empréstimo, o que resulta numa diminuição muito significativa dos encargos mensais. Podem fazê-lo renegociando um spread mais competitivo ou então, contratando um tipo de taxa que não está disponível no seu banco. Ou as duas opções, em simultâneo.

Por exemplo, nos últimos meses temos verificado que alguns clientes querem transferir o seu Crédito Habitação porque têm preferência por contratar uma solução taxa mista, que não está disponível no seu banco. Ou pelo menos, não é tão competitiva face à concorrência. Por essa razão, optam por transferir o crédito. E, em simultâneo, ainda podem renegociar o spread, para o período de taxa variável.

 

2. Seguros mais Baratos

A renegociação dos prémios dos seguros de vida e multirriscos é tão ou mais importante do que negociar a taxa de juro aplicável ao empréstimo. Estes encargos são uma verdadeira bomba-relógio, sobretudo a partir dos ‘’entas’’ (entenda-se quarentas, cinquentas, sessentas, setentas …).

Com o processo de transferência, os clientes bancários ainda têm a oportunidade de transferir os seguros para uma seguradora externa da sua preferência. Normalmente, as seguradoras externas apresentam propostas bastante mais competitivas em relação aos prémios oferecidos pelos bancos. Em algumas situações, pode verificar-se alguma resistência por parte do banco (de origem) em relação à retirada dos seguros. Eventualmente, até poderá aceitar a transferência para uma seguradora externa, mas normalmente esta permissividade vem acompanhada de agravamentos no spread.

O ideal é o melhor dos dois mundos: negociar prémios mais baratos e melhores níveis de cobertura, sem pagar mais por isso. Também nestes casos, a renegociação costuma ser bastante mais simples quando recorremos a um processo de transferência de crédito.

 

3. Alargamento do Prazo

Outra grande vantagem em recorrer a este mecanismo da transferência de crédito, é a possibilidade de alargar o prazo do seu empréstimo ao limite máximo admissível.

Muitas vezes optamos por encurtar demasiado os prazos quando contratamos o Crédito Habitação, na expectativa de amortizar em prazos relativamente curtos.

O problema é que os prazos mais curtos, estão associados a prestações mais altas. E, às vezes, é-nos possível suportar essa prestação em determinado momento, considerando um cenário de taxas de juro baixas, mas temos de considerar que esse cenário pode não ser vitalício (não será certamente).

A realidade que temos vivido nos últimos tempos é a prova de que devemos ter o tempo sempre a nosso favor. Lembre-se de que pode sempre liquidar capital antecipadamente, e dessa forma não vai ser prejudicad@ pelo alargamento do prazo no que respeita ao pagamento de juros.

Esta estratégia não deve ser entendida como uma recomendação. Trata-se apenas de uma reflexão que pode fazer todo o sentido para determinadas situações, mas para outras pode ser totalmente desadequada. Cada caso é um caso.

 

 

4. Crédito Complementar, isenção de comissões iniciais

Outra particularidade interessante nestes processos de transferência de crédito é a possibilidade de associar outros créditos complementares ao Crédito Habitação.

Se o cliente tiver adquirido o imóvel há mais de dois anos, pode pedir um crédito complementar, beneficiando da valorização do seu imóvel.

É uma opção interessante por exemplo se quer comprar um carro e precisa de crédito para o efeito. É muito provável que consiga uma taxa de juro mais baixa e um prazo mais alargado, se recorrer ao crédito complementar/multifunções. É uma boa alternativa aos créditos pessoais e ao crédito automóvel, geralmente associados a taxas de juro bastante mais elevadas.

A verdadeira vantagem em pedir um crédito complementar em simultâneo com o processo de transferência de crédito, é o facto de ficar isento do pagamento das comissões bancárias, tanto do processo de transferência, como do processo de crédito complementar.

Pelo contrário, se quiser contratar um crédito complementar no seu banco (onde já tem o seu Crédito Habitação) muito provavelmente vão cobrar-lhe todas as comissões de gestão do processo.

 

A transferência de crédito habitação, quando feita de forma estratégica e informada, pode representar uma oportunidade para otimizar as finanças pessoais, garantindo um alívio orçamental e potenciais benefícios a longo prazo para os mutuários. No entanto, aconselha-se sempre a consulta de profissionais especializados para uma decisão fundamentada e consciente.

Não hesite em procurar aconselhamento especializado e informar-se adequadamente sobre todas as opções disponíveis, afinal, é o seu futuro financeiro que está em jogo.

 

Ler mais: Como reembolsar e transferir | Portal do Cliente Bancario (bportugal.pt)Banco de Portugal

Picture of Por Catarina S. Gonçalves, Gestora de Crédito

Por Catarina S. Gonçalves, Gestora de Crédito

Coloque as suas Dúvidas

Fale com um especialista

Picture of Catarina Gonçalves

Catarina Gonçalves

Especialista em Crédito Habitação

Outros artigos

bonificado

Crédito Habitação Bonificado a Pessoas com Deficiência

” O Crédito Habitação Bonificado a pessoa com deficiência é uma linha de crédito sujeita a um regime especial, que determina a atribuição de condições mais vantajosas a pessoas que demonstrem ter uma incapacidade superior a 60%. Ao abrigo deste regime, os portadores de deficiência têm a possibilidade de contratar uma taxa de juro bonificada, desde que cumpridos determinados requisitos. ”

amortizaçao

Investir ou optar pela Amortização do Crédito Habitação?

”Não há nenhum especialista em finanças pessoais que negue a importância de reduzirmos o nosso nível de endividamento. É inegável que um menor nível de endividamento significa uma melhor saúde financeira. Mas será que sempre que tem capital disponível deve ter como prioridade a amortização de um crédito, nomeadamente, o crédito habitação?”

simplex

Simplex Urbanístico: Uma via verde ao licenciamento?

” … o Simplex Urbanístico é composto por um conjunto de 26 medidas que pretendem simplificar, modernizar e inovar os serviços administrativos do Estado. Logo, com as alterações nas regras do licenciamento de obras e na reclassificação dos solos, os custos com vários processos irão sofrer alterações e ficar tendencialmente mais baixos, o que se pode afigurar como uma ajuda no acesso à habitação … ”

intermediário de crédito

Acesso à Atividade de Intermediário de Crédito (Vinculado)

”Estes profissionais atuam como mediadores das relações que se estabelecem entre particulares e instituições de crédito. Por se tratar de uma atividade com elevado grau de complexidade e de enorme responsabilidade, o exercício da atividade de Intermediário de Crédito só é permitida aos profissionais que demonstrem o cumprimento de várias exigências legais.”

crédito hipotecário

Crédito Hipotecário: O que é e para que serve?

”As operações de crédito hipotecário tem um enorme potencial e podem servir as mais diversas finalidades. (…) Pode sempre contar com prazos mais alargados e taxas de juro mais baixas, face ao crédito ao consumo.”

férias

Contrato de Trabalho a tempo Parcial: Regime de férias

” … o direito a férias é um direito irrenunciável, e como tal, não pode ser substituído por qualquer compensação económica ou outra, salvo nos casos previstos na lei (…) Assim, se possui um contrato a tempo parcial deverá ter atenção ao presente artigo.”

hipoteca

Hipoteca sobre o meu imóvel. O que significa?

”É inegável que os imóveis, apesar de sujeitos a uma certa volatilidade no que respeita ao preço, estão associados a uma tendencial valorização pelo mero decurso do tempo. Essa circunstância faz das garantias hipotecárias ou imobiliárias as mais sólidas e aliciantes.”

intermediário

Contratar um Intermediário de Crédito? Gratuitamente?

”Pode acreditar que, para além dos próprios bancos, não há entidade nenhuma que conheça tão bem a oferta das várias instituições bancárias, como os intermediários de crédito parceiros. As relações de parceria que os Intermediários estabelecem com as várias instituições de crédito, permite-lhes ter acesso privilegiado a informação atualizada em relação aos detalhes específicos de cada produto de crédito.”

WOOK - www.wook.pt

Precisa de ajuda?

Preencha os seus dados e consulte o seu e-mail.

0%
Nome (primeiro e último) *
Telemóvel *
Email *
10%
Em que podemos ajudar?
Algum dos créditos é um crédito habitação?
Algum dos créditos é um crédito habitação?
30%
Quem vai pedir o empréstimo? *
90%
É efetivo?
Tem créditos?
Indique o valor das suas prestações mensais:
Crédito 1:
Crédito 2:
Crédito 3:
Crédito 4:
Tem incumprimentos no Banco de Portugal?
1º Proponente
É efetivo?
Tem outros créditos?
Indique o valor das Suas prestações mensais:
Crédito 1:
Crédito 2:
Crédito 3:
Crédito 4:
Tem incumprimentos no Banco de Portugal?
2º Proponente
É efetivo?
Tem outros créditos?
Indique o valor das Suas prestações mensais:
Crédito 1:
Crédito 2:
Crédito 3:
Crédito 4:
Tem incumprimentos no Banco de Portugal?

Precisa de ajuda?

Preencha os seus dados e receba um contacto por parte da nossa equipa:

Nome *
Telemóvel *
Email *

Subscreva a nossa Newsletter

Preencha os seus dados abaixo:

Nome (primeiro e último) *
Telemóvel *
Email *
Olá! Podemos ajudar?